Casais que Dormem em Quartos Separados Dormem Melhor

Médicos e terapêutas descobriram que dormir acompanhado pode reduzir a qualidade do sono.

Muitos casais decidiram dormir em quartos separados para não ter que ouvir o ronco do parceiro, para evitar a insônia, e também porque dormiam e acordavam em horários diferentes.

Um adulto tem entre 20 e 30 microdespertares por noite, momentos em que o sono mais profundo é interrompido. Ao trocar de posição na cama ou ranger os dentes a pessoa chega a um estado de semiconsciência, quase acorda, mas não percebe. Quem divide a cama com seu parceiro, pode dobrar a quantidade de microdespertares. Quanto mais microdespertares uma pessoa tiver, mais cansada ela vai levantar no dia seguinte.

De acordo com uma pesquisa feita na Inglaterra, apontou que casais que dormem separados dormem melhor. Durante a pesquisa, os casais dormiram juntos por dez dias e dez separados, o sono foi monitorado por aparelhos. No final da pesquisa, os aparelhos mostraram que as noites solitárias eram 50% melhores, em termos de qualidade de sono.

Antes, os pobres dormiam todos no mesmo cômodo, muitos até na mesma cama e os ricos tinham um quarto para cada um. Hoje as pessoas dormem com cachorro, filho e parceiro, com isso a qualidade do sono cai 20%.

A companhia traz prejuízos ao sono, mas também pode trazer benefícios emocionais. Alguns terapêutas acham que dormir junto passa segurança e aconchego, o que é bom para tudo, inclusive para o sono, pois o casal perde momentos preciosos ao dormir separado. Segundo terapeutas, compartilhar a cama também aumenta a frequência do sexo, mas para outros a relação íntima não depende de dormir juntos.

Dormir de conchinha pode até ser romântico, mas é péssimo para um sono de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *