A Importância do Zinco para as Mulheres

Foto reprodução

O zinco é um mineral antioxidante, presente em todos os tecidos. Está relacionado à imunidade, à formação óssea e à cicatrização. É importante para a saúde da pele, essencial para o sistema imunológico e para a resistência à infecções.

O zinco tem função antioxidante, fortalecedor do sistema imunológico e na reparação celular. Participa de diversas funções relacionadas à cicatrização e formação óssea. O mineral ainda é ótimo para problemas de visão.

Os primeiros sintomas de deficiência de zinco são perda de paladar, falta de imunidade, problemas de pele, perda de cabelo, diarreia, fadiga, demora na cura de feridas.

O zinco é eliminado pelas fezes, pela urina, pelo cabelo, pele, suor e também pela menstruação.

Maiores fontes de zinco:

Sementes de abóbora(20g) 1,3mg
Grão de bico(200g) 2,8mg
Feijões assados(225g) 1,6mg
Queijo chedar(30g) 1,2mg

Quantidade de Zinco que deve ser ingerido por dia:

Foto reprodução

Mulheres adultas: 7,0mg
4 a 6 anos 6,5mg
7 a 10 anos 7,0mg
11 a 14 anos 9,0mg
Mulheres grávidas 7,0mg.
Mulheres em aleitamento 9,5 a 13mg.

O zinco pode ser encontrado em carnes, fígado, frutos do mar (especialmente nas ostras), mariscos, mexilhão, fígado, peixe, aves, gema de ovo, leite e derivados(iogurte, queijo, manteiga), feijões, lentilhas, cereais integrais, arroz, farelo de trigo, farinha de aveia, pão de centeio, trigo, cevada, ervilha, milho, nozes, levedo, beterraba, cenoura, couve, espinafre, cereja, laranja, etc

Existem suplementos de zinco. A suplementação de zinco pode auxiliar no tratamento da acne, eczemas, anorexia nervosa, alcoolismo, também ajuda na recuperação de cirurgias.

Em excesso, o zinco interfere no metabolismo de outros minerais, especialmente de ferro e cobre.

Quem pode consumir os suplementos de zinco:

Atletas, idosos, vegetarianos, portadores de doenças inflamatórias e crônicas.

Seja o primeiro a comentar em "A Importância do Zinco para as Mulheres"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*