Aprecie a comida, e alimente-se com mais qualidade

O inverno pede alimentos quentes e gordurosos, como massas, lazanhas, pizzas, tortas, etc. E sem as fibras dos vegetais, o nosso intestino funciona mais lento. Com a alimentação errada do inverno, o pâncreas produz mais insulina, e a liberação de glicose para a circulação fica prejudicada, pois muita insulina circulando, nosso corpo, não queima gordura, mandando fabricar mais.

No verão, consumimos mais frutas, verduras e legumes, e nossas células, recebem as vitaminas necessárias para produzir enzimas. No inverno nossas células, vão precisar compensar a falta destes nutrientes, passando a aproveitar mais os corantes, pesticidas, gorduras saturadas, toxinas, na tentativa de suprir esta carência. Ainda enviarão uma ordem ao cérebro de que precisamos estocar mais gordura.

No inverno a pele e os cabelos ficam opacos e quebradiços, as unhas fracas, pode ser falta de colágeno, que pode ser encontrada no peixe, ovos, carnes magras, gelatina e suplementos.

Mesmo no frio, não podemos esquecer dos vegetais, eles possuem antioxidantes, vitaminas, minerais, flavonoides, essenciais para o bom funcionamento do organismo. Incluir 5 a 6 porções de vegetais, ajuda a fortalecer a imunidade.

Sem contar que, eliminando o refrigerante, o açúcar, as frituras, abusar do azeite de oliva extra-virgem e beber muita água, a pele e os cabelos ficam mais saudáveis.

Nunca esquecendo das atividades físicas, pois o organismo precisa gastar energia, cada vez que comemos, a glicose do organismo aumenta, com isso aumenta a insulina. Quanto mais insulina produzimos mais envelhecemos.

Fonte: Revista Saúde é Vital

Seja o primeiro a comentar em "Aprecie a comida, e alimente-se com mais qualidade"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*