Família Camoatim

Vó Cecy com a família no casamento de sua Neta Vanessa.

Bem, vou fazer um breve resumo da história de minha família, que tem o apelido de “Família Camoatim”, uma família muito unida, que até hoje não admite que nenhum estranho fale mal de nós.

Há muitos anos atrás, quando eu ainda nem era nascida, os primos de minha vó foram à um baile, em Arambaré, no interior do RS, uma cidade que fica há poucos km de Tapes, e que na época ainda fazia parte da cidade, então no meio do baile, um de meus parentes discutiu com outro, o cara gritou, e ameaçou bater em meu parente, quando ele se preparou para começar a bater, surgiram vários parentes de minha vó, para ajudar na briga, como se fosse um ENXAME DE MARIMBONDOS. Como o cara estava só, e viu aquele monte de gente na sua volta fugiu, foi embora do baile, de medo, então a cidade comentou este caso por muitos dias e apelidou nossa família de CAMOATIM.

Por sinal, graças a Deus é uma família muito unida, que até hoje sempre que alguém tem algum problema, todos correm para ajudar.

Camoatim

É uma espécie vespa produtora de um gostoso mel, elas medem cerca de 11 mm de comprimento, de cor preta, muito encontrado em colméias suspensas em ávores e arbutos nos campos do Rio grande do Sul. Constroem seus ninhos de forma esférica, com a entrada assimétrica, geralmente recobertos de grandes processos espinhosos, nos beirais das casas ou nas janelas.

Em breve, escreverei histórias da Vó Cecy. Uma homenagem que farei a minha vovó querida.

Leia: Histórias da Madame: Parte I.

Seja o primeiro a comentar em "Família Camoatim"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*