Sexta Feira 13 Verdade ou mito?

A Sexta-feira no dia 13 é considerada popularmente como um dia de azar. O número 13 é considerado de má sorte.

Conta-se que houve um banquete e 12 deuses foram convidados. Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito dos deuses. Há também quem acredite que convidar 13 pessoas para um jantar é uma desgraça.

Na numerologia o número 12 é considerado de algo completo, como por exemplo: 12 meses no ano, 12 tribos de Israel, 12 apóstolos de Jesus ou 12 signos do Zodíaco. Já o 13 é considerado um número irregular. A sexta-feira foi o dia em que Jesus foi crucificado e também é considerado um dia de azar.

Curiosidades:

– O grande dilúvio aconteceu numa sexta-feira.

– Marinheiros ingleses não gostam de zarpar seus navios à sexta-feira.

– No cristianismo é relatado um evento de má sorte em 13 de Outubro de 1307, sexta-feira, quando a Ordem dos Templários foi declarada ilegal pelo rei Filipe IV de França. Os seus membros foram presos simultaneamente em todo o país e alguns torturados e, mais tarde, executados por heresia.

– Jesus Cristo provavelmente foi morto numa sexta-feira 13, uma vez que a Páscoa judaica é celebrada no dia 14 do mês de Nissan, no calendário hebraico.

– Na Santa Ceia sentaram-se à mesa treze pessoas, sendo que duas delas, Jesus e Judas Iscariotes, morreram em seguida, por mortes trágicas, Jesus por crucificação e Judas provavelmente por suicídio.

– No Tarô, a carta de número 13 representa a Morte.

– Na Austrália, na sexta-feira, 13 de agosto de 1939. Foi o pior incêndio de suas florestas, quando 20 mil quilômetros foram devastados pelo fogo. Mais de 70 pessoas acabaram mortas.

– Em 1972, numa sexta-feira, 13 de setembro, o avião que levava a equipe uruguaia de rúgbi pela Cordilheira dos Andes caiu, tirando a vida de inúmeras pessoas. O fato virou até filme, “Vivos”, de 1993.

– Na China, México e Índia, por exemplo, os 13 de cada mês são sinônimos de sorte, independente do dia da semana.

– A crença na má sorte do 13 parece ter tido sua origem na Sagrada Escritura. Não há um consenso. Em várias regiões do planeta – até em países cristãos – o 13 é estimado como símbolo de boa sorte. O argumento se baseia no fato de que o 13 é um número afim ao 4 (1 + 3 = 4), sendo este símbolo de próspera sorte. Assim, na Índia, o 13 é um número religioso muito apreciado; os pagodes hindus apresentam 13 estátuas de Buda.

– Quando nós não conseguimos o que queremos, botamos a culpa logo no azar, mas quando tudo dá certo, a sorte esta virada para nosso lado.

Infelizmente, nós seres humanos, de tudo que nos acontece, sempre damos valor aos nosso fracassos.

Tenha pensamentos positivos e muita fé, que nada de ruim acontecerá!!

Seja o primeiro a comentar em "Sexta Feira 13 Verdade ou mito?"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*